O que fazer no Faial
início reservar casa de férias
Emoções no Faial
Observação de baleias e golfinhos
Nadar com golfinhos
Trilho dos 10 volcaões
Trilhos pedestres
Bird watching
Parque Natural do Faial
Jardim Botanico do Faial
Cratera da Caldeira
Volcão dos Capelinhos
Morro de Castelo Branco

Atividades azuis e verdes:
Vela
Mergulho
Pesca
Surf
Natação
Passeios a cavalo
Golfe rústico

Horta e seus monumentos:
Marina
Museu da Horta
Fábrica da baleia
Museu do Scrimshaw
Igrejas

Festividades:
Semana do Mar
São João
Espírito Santo

Gastronomia:
Peixe do mar açoriano
Polvo guisado com vinho
Linguiça com inhames
Morcela com ananás
Massa sovada (pão doce)
Fofas do Faial (pastelaria)








Visita ao Pico



































Visita a São Jorge

 

O que fazer durante as férias no Faial  

 

 

Os Açores são a fronteira mais ocidental e desconhecida da Europa. Venha e descubra a natureza intacta, andando por aí, mergulhando no mar, observando as baleias, golfinhos e aves, escalando vulcões ou admirando os nossos monumentos e tradições. As "Ilhas do Triângulo" oferecem-lhe a oportunidade de todas essas experiências únicas.

 

 A melhor maneira de visitar as ilhas do Faial, Pico e São Jorge é voar diretamente no Horta, no Faial. Há ligações diárias a partir de Lisboa e o voo leva cerca de 2 horas. A partir do porto da Horta há ligações diárias por barco às outras ilhas. Os tempos de travessia são 15 minutos para Pico e cerca de uma hora para São Jorge. É possível ver baleias e golfinhos nas travessias como uma atração adicional. E se no fim de visitar as ilhas do triângulo quiser seguir para a Terceira ou São Miguel há voos de ligação.  

 

Localizadas no Capelo, a 9 km do aeroporto da Horta, as Casas do Areeiro são um lugar especial para estabelecer a sua base. Oferecemos tranquilidade, privacidade e um ponto de partida para descobrir três ilha virgens no meio do Oceano Atlântico.  

O Faial oferece muitas oportunidades para novas experiências e emoções. Veja a informação  que disponibilizamos na coluna da esquerda e, sozinho ou com o apoio de um operador especializado, inicie o planeamento de umas férias inesquecíveis.

 


Ver Casas do Areeiro num mapa maior

 

As ilhas do Faial, Pico e São Jorge são conhecidas como as Ilhas do Triângulo. Tem em comum uma vegetação verde quente, um mar de azul profundo e uma calma encantadora.

 

 

 

 

O Pico com a sua imponente montanha, vinhas que crescem a partir de rochas vulcânicas, lagos, museus de baleias e uma paisagem de vários tons de verdes que cobrem vales e colinas,  atrai-nos. Embora as melhores vistas da ilha do Pico sejam a partir do Faial, a sua visita é um imperativo.

Ao  visitar o Pico está a entrar num pequeno mundo construído durante séculos por baleeiros, agricultores e pescadores, com miradouros extraordinários e vilarejos acolhedores com vista para o mar.

 

Botes baleeiros

Botes baleeiros no mar dos Açores 

 

 

 

Lajes, São Roque e Madalena são três vilas antigas onde o tempo deixou testemunhos da arte e a história. Merecem uma visita.

 

Alguns locais são de visita obrigatória:  

Arco do Cachorro:  formação rochosa que é uma reminiscência de um focinho de um cão.  

Museu dos Baleeiros: localizado nas Lajes do Pico é um importante local de preservação das tradições e cultura dessas pessoas. Aqui é possível ver grandes peças de osso  e dentes de baleia, bem como os utensílios utilizados na caça à baleia.

 

 

O Pico visto do Faial

Pico visto do Faial 

 

Com 2351 metros de altitude, a montanha do Pico é o ponto mais alto de Portugal, um verdadeiro desafio para quem gosta de aventura. A subida à montanha é inesquecível, no entanto, é aconselhável levar um guia e informar-se em locais adequados sobre os riscos de uma escalada até esta altitude. Do cume avistamos as outras ilhas do Grupo Central dos Açores - Faial, São Jorge, Terceira e Graciosa.

 

 A Gruta das Torres é uma caverna com mais de 5 km de comprimento. Descoberto em 1990, foi construída por antigas erupções vulcânicas e dentro podemos ver estalactites, estalagmites e bolas de lava.
 

 

 

 

Porto das Velas

Porto das Velas em São Jorge 

 

A viagem de barco para São Jorge é inesquecível. Vemos ilhas a afastarem-se, ilhas a aproximarem-se, ilhéus e com um pouco de sorte golfinhos e baleias por companhia.

São Jorge estende-se sobre o oceano como um dragão descansando. A vegetação de verde pálido e os arbustos verde escuro cobrem as falésias que mergulham verticalmente no Atlântico. Esta predominância do verde faz o encanto da ilha e chama a atenção para uma paisagem que mantém a beleza original.

Suba à serra do Topo, onde temos um magnífico panorama das outras ilhas do grupo central (Faial, Pico, Graciosa e Terceira).

 

Fajãs de São Jorge

fajãs  de sao jorge açores 

 

São Jorge é notável por seus estranhas "fajãs" na parte inferior de altas falésias, entre os quais sugerem uma visita à Fajã de Santo Cristo, pedaço de terra com uma pequena lagoa junto ao mar.


Tenha o prazer de andar por caminhos ainda percorridos pelos agricultores que cultivam as fajãs e criam as vacas em campos verdes.

Em São Jorge é obrigatório provar o verdadeiro sabor do seu queijo. Pequenas fábricas, muitas delas na fabricação tradicional, produzem queijos grandes que são um bom começo para uma refeição deliciosa.